Minhas primeiras impressões sobre o Windows 10

O objetivo dessa página é compartilhar conhecimento, experiências e opiniões sobre assuntos relacionados a tecnologia e o este blog entra no ar oficialmente hoje, dia 29 de julho de 2015, eu não poderia deixar de postar meu primeira artigo sobre o grande assunto dos últimos meses, o lançamento do Windows 10, demonstrando minhas primeiras impressões sobre o Windows 10.

De acordo com o Net Market Share, uma respeitada empresa que realiza levantamentos estatísticos com base na análise dos acessos a sites, o Windows é disparado o sistema operacional mais usado no mundo.

Os dados atualizados da companhia e disponíveis em tempo real, apontam que o Windows é o sistema operacional mais usado no mundo, sendo detentor de 90,85% do mercado, sendo seguido de bem longe pelo Mac OS com 7,54% e o Linux com 1,61%.

Net Market Share

Eu sempre fui usuário de Windows como meu sistema operacional principal. Tenho computador pessoal desde o Windows XP e sempre que uma nova versão é anunciada um grande movimento, seguido de uma enorme expectativa surge.

Nos últimos anos tenho usado um notebook com a seguinte configuração:

Notebook Lenovo ThinkPad T400

  • Processador: Intel Core 2 Duo CPU P8400 2.26GHz
  • Memória RAM: 8 GB
  • Armazenamento: 2 discos – um SSD 240 GB e  um HD SATA 1 TB
  • Placa de Vídeo: ATI Mobility Radeon HD 3400 series
  • Sistema operacional: Windows 8.1 PRO

Windows 8

Desde quando comprei esse meu companheiro de várias lutas e guerras, que me acompanha desde o segundo ano da faculdade, nele já utilizei as mais modernas e recentes versões de Windows. Ele chegou até mim com o Windows Vista, porém a primeira coisa que fiz foi remover essa versão de Windows, que dispensa qualquer comentário e instalei o Windows 7 Professional com uma licença original que ganhei na faculdade como estudante, devido a parceria da Faculdade com o Microsoft.

Depois quando saiu a versão final do Windows 8, procurei a administração da faculdade e então ganhei nova licença, sendo essa a licença que estou utilizando até hoje. Tempos mais tarde fiz o upgrade para o Windows 8.1 assim que foi disponibilizado na Loja da Microsoft.

Logo agora com a saída do Windows 10 Insider Preview, peguei meu velho notebook e me registrei no Programa Windows Insider e fiz a instalação do Windows 10 que veio com o build 10130. Realizei essa instalação no início de julho de 2015. Durante meus testes passei por diversos build, porém vou registar abaixo apenas os que mais me a chamaram a atenção.

Windows 10

– Build 10130 – Essa versão de cara já deixou uma ótima primeira impressão do novo sistema operacional da Microsoft, mesmo sendo uma versão de testes e que ainda estava em construção. Indiscutivelmente a grande novidade é o retorno definitivo do menu Iniciar idêntico ao encontrado no Windows 7 e versões anteriores, mas agora o menu Iniciar está mais funcional e personalizável. Os atalhos para os programas também são exibidos como mini-aplicativos (Live Tiles), com o comportamento semelhante ao encontrado na interface Metro das versões 8 e 8.1. O menu é ajustável conforme a preferência do usuário, podendo ser substituído durante o carregamento para que seja exibida a interface com os blocos. A quantidade de blocos pode ser definida conforme a sua necessidade, possibilitando um acesso rápido aos programas mais usados.

Windows 10

No Build 10130 tive meu primeiro contra tempo com o Windows 10, alguns driver como na foto abaixo não foram instalados. Como sou da área de tecnologia da informação e já estou bem calejado com essa situação de falta de driver com o Windows, o que quero destacar que já melhorou em milhares de vezes desde o Windows 7 e seus sucessores, mas como o problema veio novamente ao meu encontro, lá fui eu no site da Lenovo e dos fabricante dos dispositivos localizar cada um deles. Após quase 6 horas de muita pesquisa no Google, no site da Lenovo e dos fabricante encontrei tudo o que faltava.

Gerenciador de dispositivos

– Build 10158 – Foi uma atualização mais significativa, pois o Build 10158 finalmente deixa de lado o codinome Project Spartan e passou a adotar o nome Edge, usando seu logotipo oficial sendo o novo navegador da Microsoft. Neste build 10158 do Windows 10 também apresentou algumas mudanças com relação a outros recursos, mas eu gostaria de focar no Fotos. Ficou muito simples, porém muito funcional, existe nele a possibilidade de editar a imagem, cortar, girar, fazer correções básicas, como cor, luminosidade, efeitos e filtros, olhos vermelhos e retocar. Na minha opinião com ele podemos deixar de instalar diversos outros programas para simples tratamentos de imagens. Ficou muito TOP.

Microsoft Edge

– Build 10159 – O build 10159 ganhou de mim e de milhares do outros usuários que testaram o Windows 10 Preview grandes elogios, por ser uma versão extremamente estável.

– Build 10162 – O Windows 10 build 10162 também traz ótimas novidades, tais como, novos papéis de parede, novas imagens para a tela de bloqueio e a nova tela de login.

Área de trabalho Windows 10

– Build 10166 – Neste build tive minha primeira decepção com o Windows 10 Preview. Meu notebook travou a ponto de ficar mais de 15 minutos parado sem conseguir fazer nada, somente com o velho padrão Microsoft para resolver esse caso, segurar o botão do power até desligar na força e ligar novamente. Esse processo de ligar, travar e forçar o desligamento se repetiu 6 vezes até que desisti naquele dia e fui dormir. No outro dia com novas atualizações baixadas meu notebook voltou a funcionar, contudo o uso de CPU ficava sempre na casa do 60 a 70% e o de memória entre 30 e 40% sem fazer nada além de ligar o computador

– Build 10240 – Nesse dia quando realizei o processo para verificar novas atualizações, buscando testar as novidades e corrigir alguns bugs, além de estar ansioso para receber a versão final antes do lançamento oficial no dia 29 de julho, fui no menu Iniciar, cliquei em Configurações e depois em Atualização e recuperação, forcei o Windows Update para procurar por novas atualizações e o build 10240 apareceu como disponível, com o nome TH1 Professional 10240. O Build 10240 foi a versão RTM (Release to Manufacturing) do Windows 10, ou seja estou usando a versão RTM desde o dia 15 de julho. Esta Build é o Windows 10 RTM (Release to Manufacturing), ou seja, a edição que foi distribuída para que as fabricantes possam encerrar a instalação do sistema operacional em seus computadores, tablets e outros gadgets.

Considerações Finais

Então tive um boa jornada até o dia de hoje, 29 de julho, data do lançamento oficial do Windows 10. Até agora tenho apenas ótimas recomendações sobre o Windows 10, que conseguiu manter as melhores virtudes já conhecidas no Windows 7 e versões anteriores. O retorno no menu Iniciar, que foi tão duramente criticado pelos usuários mais conservadores. A grande sacada da Microsoft com a pretensão de unificar as plataformas pode proporcionar aos usuários do novo sistema um aumentando na oferta de aplicativos para a plataforma móvel em proporção parecida com a existente nos computadores. As diferenças entre o Windows 8, 8.1 e o Windows 10 são bem pequenas, porém as melhorias e vantagens das versões anteriores unidas com a evolução da versão 10 tem tudo para ser o melhor sistema operacional já lançado pela Microsoft.

Informação extra

Cada fabricante tem seus aplicativos para o Windows 10, visando melhor a vida dos seus clientes. Pensando nisso a Lenovo, disponibilizou o Lenovo Companion. Vai até o menu Iniciar, no aplicativo Loja no campo de busca e localize e digitando Lenovo Companion. Esse é um aplicativo para você melhor o desempenho da sua máquina, gerenciar hardware, software, energia, limpeza do PC, aceleração do Sistema, atualizações críticas, fóruns, suporte, guia do usuário dentre outras funcionalidades, este eu também já testei e recomendo demais esse aplicativo.

DICA: quando você abrir ele pode ser que aconteça igual comigo, ela vai acusar que está faltando um outro programa, o Lenovo System Interface Driver para que funcione perfeitamente. Sendo assim você clica em Ok e automaticamente ele vai abrir seu navegador e irá iniciar automaticamente o download, espere terminar, desinstale o Lenovo Companion, instale o Lenovo System Interface Driver e reintale o alicativo Lenovo Companion. Tive que fazer dessa forma até poder utilizar o Lenovo Companion sem mais surpresas. Dentro do Lenovo Companion existe a possibilidade de fazer uma verificação de Hardware, o que seria verificar se exsite defeito em algum hardware, para isso será necessário instalar o Lenovo Solution Center.

Segue o link para download do Lenovo Solution Center 32 bits e 64 bits.

E o link para download do Lenovo System Interface Driver.

Não sei se todos se atentaram para um grande detalhe, após todas essas reinstalações, atualizações e updates, dentro do Disco Local C apareceu um pasta chamada Windows.old. Vou falar mais sobre ela com maiores detalhes no próximo post, como remover a pasta Windows.old, espero todos vocês.

Se você gostou desse artigo, deixe seu comentário abaixo, assim poderemos interagir e saber sua opinião. Você também pode compartilhar esse artigo, além de seguir nossas páginas nas redes sociais para acompanhar os novos artigos.

TOP
%d blogueiros gostam disto: